Uma massa tangível e interdependente de elementos da natureza compõe nosso corpo. O movimento sutil das reações químicas e trocas entre estes elementos forma a nossa presença, equivalente à energia total do corpo. Em qualquer forma de vida massa e energia são inseparáveis. Uma não existe sem a outra. Na energia da presença total, a consciência é como um espelho onde todas as imagens refletem a matéria que compõe nossas memórias.

Escultura Etérea _ videoperformance para videoinstalação Ethereum Útero _ duração 15 minutos

 

Em Ethereum Útero a energia é interpretada através da poética de autorretratos performativos que simulam a formação da vida no útero. Entre natureza, órgãos e componentes de hardwares, há elementos comuns que são formulados em uma espécie de algoritmo sonorovisual que preenche os espaços da percepção.

fotografias @karim.ro _ @ositio _ divulgação

Técnica

Videoperformance e pintura

Videoinstalação – 7 obras

1 tela – pintura com pigmentos naturais

 

Ficha técnica:

Concepção e performance: Carolina Berger

Trilha e desenho sonoro: Ronaldo Palma

Direção de fotografia e câmera: Carolina Berger, Carlos Eduardo Magalhães

e Karim Rojas

Preparação corporal: Evelin Bandeira (SP) e Felipe Santi Conteratto (Florianópolis)

 

Projeto desenvolvido na Residência Artística Osítio, com curadoria de João Aires – abril 2019

Ethereum Útero é parte de projeto de pesquisa de pós-doutorado em artes da performance – ECA/USP

Apoio: LabArteMídia (ECA-USP)

 

Agradecimentos:

Carlos Eduardo Magalhães

Gizely Cesconetto

Maria Luiza Berger

Marcos Frutig

Ricardo Matsuzawa

Paulo Costa

Olga Berger

Equipe OSítio



EXIBIR COMENTÁRIOS +

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será exibido publicamente
Campos obrigatórios são marcados *

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os comentários do site são moderados e aprovados previamente.